domingo, 27 de junho de 2010

A importância de fortalecer a musculatura para correr melhor

http://veja.abril.com.br/especiais/saude_2003/imagens/bola1.jpg

Quem freqüenta academias já deve ter visto pessoas realizando exercícios um pouco diferentes dos convencionais.

Eles são feitos com :

  • bola,
  • prancha
  • cilindro,
  • elásticos
  • e outros aparelhos muito diferentes das confortáveis máquinas em que é possível escolher a carga e ajustar ao tamanho dos braços e pernas.
    http://4.bp.blogspot.com/_HiMOErp1q40/SSXQ5Ymb-QI/AAAAAAAAAQg/2umVzPCpCsI/s400/funcionalav4.bmp

São os chamados exercícios funcionais.

A base dessa técnica está em trabalhar a musculatura buscando a funcionalidade do exercício, ou seja, aproximar os movimentos à atividade que o atleta necessita, seja ela a corrida ou qualquer outro esporte.

“Esses exercícios são direcionados ao fortalecimento da musculatura necessária às atividades cotidianas e aos gestos técnicos das diferentes modalidades esportivas. Já o treinamento convencional, que utiliza aparelhos, trabalha a musculatura de forma mais isolada, o que pode gerar desequilíbrios musculares se esse trabalho não for bem feito”, explica Samuel Ferraz Junior, professor da Fórmula Academia, de São Paulo.

Os três tipos de movimentos básicos trabalhados com a técnica são:

  • o rotacional,
  • o lateral
  • e de frente para traz, isso faz com que os exercícios utilizem toda a capacidade do músculo.
http://1.bp.blogspot.com/_HiMOErp1q40/SSXQIu5jmQI/AAAAAAAAAQY/uPMxjnNYSxQ/s400/funcionalav5.bmp

Outra vantagem é que, na maioria deles, são trabalhados ao mesmo tempo a força e o equilíbrio, o que seria impossível de fazer nos exercícios que são realizados com o atleta sentado em um aparelho.

O treinador explica que o exercício funcional pode ser um ótimo aliado para a corrida, pois trabalha as diversas funções dos músculos.

“Esse treinamento considera que cada movimento realizado pelo corpo humano envolve vários músculos, cada qual com diferentes funções. Durante a corrida, alguns são responsáveis por gerar o movimento, enquanto outros atuam ao mesmo tempo para estabilizar articulações e potencializar movimentos”, diz Samuel Ferraz Junior.

Além de te ajudar a chegar mais longe, o fortalecimento muscular feito por meio do treinamento funcional é capaz de simular melhor as situações vividas pelo atleta e prevenir lesões.

O corredor Daniel Trujillo, 38, advogado, conta que sentiu uma diferença grande no seu desempenho em provas depois que passou a realizar esse tipo de atividade.

“Senti um aumento no meu rendimento nas corridas depois que comecei a fazer exercícios funcionais”, conta.

“Passei a sentir menos cansaço e consigo administrar melhor a minha energia durante toda a prova”, completa.

O atleta afirma ainda que os exercícios funcionais foram importantes para evitar o que poderia se tornar uma lesão.

“Sentia uma dor no joelho porque eu corria sem orientação, mas depois que comecei o trabalho de fortalecimento e equilíbrio com os funcionais esse problema não voltou”, afirmou.

Por Odara Gallo

Nenhum comentário: